Rachel Kajiura

Strange Paradox who Works the System

Description:

Rachel_Kajiura_2.jpg

Bio:

Rachel Kajiura é uma hacker com enorme talento. Sua habilidade com computadores e sistemas fez com que chamasse a atenção da emergente empresa Watchful Eye (W.E.), que a fez uma proposta irrecusável (além de coagí-la através de ameaças). Eles se equivocam em achar que Rachel é apenas uma hacker talentosa, na verdade sua própria mente processa informações e linguagens de forma muito diferente das dos demais, permitindo a ela ver padrões e probabilidades nos mais simplórios eventos e condensá-los e tratá-los a ponto de ser capaz de decifrar quase qualquer linguagem e mesmo de prever alguns eventos com relativa antecedência.

Essa mente diferenciada fez com que ela ficasse um pouco reclusa das demais pessoas, tornando-a um pouco tímida e no limite do autismo. Ela é uma criatura de poucos hábitos, cultivando a aleatoreidade em suas ações e relações, consumindo assim mais informação. Mesmo quando compelida a trabalhar, está envolvida em projetos clandestinos particulares, muitas vezes fuçando a própria W.E.

O único hábito que ela mantem religiosamente foi o insistentemente passado por seu pai, quase que como uma lavagem cerebral, o de cuidar da Tantô e treinar em seu uso todos dias. É, aparentemente, o único momento que ela está em paz e sua cabeça não dói com o inconsciente processamento de inúmeras informações do dia a dia.

Rachel não sabe quando a Tantô chegou à família Kajiura, nem se o que está nos registros é sequer considerável. Ela só sente (talvez impressionada com essa história desde sua infância), um enorme pesar e responsabilidade quando empunha e treina com o sempre afiado punhal japonês.

Rachel Kajiura

Fundação V: Strange Worlds HouseWayne HouseWayne